terça-feira, 17 de maio de 2016

Ser adulto

A vida é realmente surpreendente, sabe eu tô vivendo coisas que jamais que um dia teria que passar por elas e confesso que ter essas experiências "de adultos" é um saco, eu não gostei e acho que vou continuar não gostando. Nós passamos nossa infância toda tentando lidar que um dia vamos crescer, vamos ser adolescentes e ter espinhas, que vamos namorar e sofrer, nos baseamos em séries americanas e quando de fato viramos adultos descobrimos que tudo o que mais queríamos era voltar a ser criança. Você seria alguém diferente hoje se alguém tivesse te avisado que crescer é algo ruim?
Também não estou dizendo que não tenha seus lados bons, sim eles existem, mesmo que sejam poucos... Você passa a ter um futuro com responsabilidades, trabalhos, horas marcadas e começa a ver seus amigos se ajeitando na vida enquanto a sua passa sem fazer diferença. Mas você pode beber, fazer seus horários, curti a vida e ser capaz de falar por si só o quer fazer ou deixar de fazer, ver pornografia sem mentir nos sites adultos e passa a ter olheiras que, cá entre nós, são umas gracinhas até.
É complicado essas questões, horríveis até, mas necessárias no fim para sermos quem somos. Me sinto muitas vezes deslocada, triste, desanimada. Sinto que não estou preparada para essa nova etapa, mas não posso mais voltar atrás com a minha vida. É um destino triste ser adulto, dar adeus a tudo que amam e esquecer o calor da juventude. Sabe, hoje percebo e entendo porque tanta gente foge disso e tenta ao máximo viver a juventude. Por outro lado, ela sempre chega. No meu caso, talvez, precoce, para outros, talvez, tarde. Assim é a vida e o destino, acho que só nos resta aceitar e sobreviver o quanto der.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Yoo...