quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

"Não há tristeza maior do que a de uma perda que ainda acontecerá"

É engraçado como a gente varia nosso humor em poucos segundos. Há segundo atrás tudo estava bem, no outro toda sua vida se desmancha aos pouquinhos. Tem momentos que erramos sabendo que estamos errando, disposto a tudo. Já há outros que erramos achando que estamos fazendo o certo, e imagine a surpresa ao descobrir que foi um erro extremamente imperdoável, pois é assim que estou me sentindo agora.
Como sempre nesses dezoito anos de vida, eu pisei na bola com mais uma pessoa que eu gosto. Sempre do mesmo jeito, age sem pensar e pronto, a merda está feita estampada na minha frente. E o que adianta dizer que foi sem querer? O que está feito está feito, me resta apenas aceitar por mais que doa.
Minhas desculpas não são vazias, mas temo que elas aparentam ser. Queria só poder mudar isso, estou realmente cansada de estragar as coisas, sempre causando problemas. Que voto eu mereço por ser tão hipócrita? Eu compreendo seu silêncio, como eu disse, é justo e eu mereço tudo isso. Mas eu sinto muito, muito mesmo. Eu queria ser a uma das últimas a ter feito isso, e mesmo assim daria um jeito de não fazer, a te magoar... Mas no fim fui uma das primeiras... Perdão, realmente perdão...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Yoo...